Dia de VIP Tour pela La Bombonera – Viagem para Argentina #5

1216

A nossa viagem de Bariloche para Buenos Aires não foi algo tão agradável. Um atraso sem explicações no aeroporto fez com que a gente tomasse um chá de cadeira de mais de 3 horas. Por sorte tínhamos tomadas e wifi a nossa disposição.

Passados duas horas da viagem de avião e do uber até o centro de Buenos Aires, até chegar na casa que alugamos. A primeira impressão foi de alívio por termos escolhido uma boa localização. Ficava a alguns metros da Casa Rosada e pouquíssimos metros da rua Florida, uma das principais da cidade para o turismo.

NOSSA CASA EM BUENOS AIRES

Fomos atendidos pelo anfitrião que procurou levar roupas de camas limpas e nos mostrou tudo que tinha na casa, como funcionava os eletrodomésticos e outros aparelhos. Além disso, deixou um livro com regras da casa, senha da internet e um cartão que seria muito útil para nosso transporte na cidade.

Com apenas um cartão, nós dois e meus pais poderíamos utilizar o transporte da cidade, sem precisar comprar um novo, apenas recarregando ele. Aliás, pegamos com saldo negativo, então pagamos a passagem de algum visitante anterior.

Apesar do prédio ser antigo e o elevador ser daqueles que parece que vai cair, o apartamento, que ficava no último andar, estava muito bem cuidado. O dono tinha ótimo gosto e tudo era muito bem decorado. O lugar já se mostrou muito aconchegante no nosso primeiro dia.

Como chegamos tarde para fazer algum tipo de passeio, aproveitamos apenas para conhecer as ruas ao redor e escolher algum lugar pra jantar, já que estávamos sem almoço.

Logo encontramos uma rede de fast food chamada MOSTAZA. No estilo McDonalds e Burger King, fomos convidados pelo preço agradável e pelo tamanho do lanche.

Na manhã seguinte já fomos conhecer a Rua Florida e a razão dela ser tão famosa. A rua é recheada de lojas de todos os tipos: lembrancinhas, malas, roupas, vinhos, esportes e o que você imaginar. Com a chuva, ficamos visitando todas elas. O que mais nos chamou atenção foram as lojas do River Plate e Boca Juniors que ficam lado a lado. Lá tem até réplica da estátua da Taça Libertadores.

KFC NA ARGENTINA? CHECK!

Na hora do almoço fomos até a rua central, a 9 de Julio, pois descobrimos que tinha um KFC por ali, em frente ao Obelisco, e como passamos por todos os KFC’s dos países que visitamos, fomos lá experimentar. Com 500 pesos, menos de 50 reais conseguimos um combo gigante pra nós dois, que vinha dois sanduíches, duas porções de batatas fritas, frango frito e popcorn (pedaços de frango empanados) com molho barbecue. Estava maravilhoso!

De barriga cheia e bolso vazio, vimos muitos turistas falando de um lugar onde a cotação do real para peso era muito mais valorizado que as casas de câmbios convencionais, então fomos lá conhecer. Se chama Brazukas, fica na rua Florida, e como diz o nome da empresa, os donos são brasileiros. Eles foram muito simpáticos e também nos deram dicas de passeios, o que fazer, além de vender pacotes turísticos. Mas isso estava fora dos nossos plano$.

Ainda caminhando na mesma rua, conhecemos uma loja colorida e muito gostosa: a loja da Arcor. Toda decorada para o Halloween e com presentes dedicado ao dia das Mães (lá se comemora em Outubro), ficamos babando em vários doces diferentes que estavam na vitrine.

Quando terminamos de andar por toda extensão da rua, abriu-se o sol, e então pudemos andar pelas praças e caminhar a beira do Río Dique. Um dos lugares que me encantaria passar todos os dias, caso morasse por perto. Ali é uma paz e tranquilidade, tanto para quem gosta de correr, quanto para as pessoas que querem fazer um happy hour e relaxar.

Para o caminho de volta pra casa, pudemos passar em frente a Casa Rosada. Ali fizemos diversas fotos e contemplamos o pôr do sol que baixava. Estávamos exaustos de tanto bater perna, mas a ali era um cansaço gostoso. Onde pudemos conhecer muitas coisas e lugares.

>> Veja nosso último post: Um cachorro nos adotou em Bariloche – Viagem para Argentina #4

Dia de Boca

A manhã começou bonita e logo tomamos nosso rumo ao bairro La Boca, para visitar El Caminito. Apesar de ter visto vários vídeos do lugar, foi bem diferente do que imaginava. A única coisa que é certa é que é um caminho pequeno, mas a surpresa foi a quantidade de lojas e galerias que têm por lá.

 

El Caminito é um lugar pra turistas comprar lembrancinhas, vinhos, queijo, doces de leite, roupas e alfajores. Nosso roteiro era de andar em linha reta, sem entrar em nenhuma loja, pois o tempo estava se fechando como se fosse noite e anunciava uma tempestade que chegaria em breve.

Assim que chegamos na última loja, o céu desabou e começamos a ver o que tinha dentro das lojas. Compra lembrancinha daqui, experimenta doce de leite de lá… chegamos a uma loja do Boca Juniors em uma das galerias. Lá acabamos comprando o nosso pacote VIP Tour da La Bombonera, estádio do clube.

Como era horário agendado, fomos direto ao estádio que fica a umas três quadras dali. Mas antes, paramos para comer o tão esperado Choripan que dissemos no post passado. Estava com uma cara ótima e custava apenas $150 pesos, menos de 15 reais. Estava uma delícia!

LA BOMBONERA

O estádio é recheado de história e emoção. Logo que você entra, já está dentro de um museu, onde vê fotos de jogadores em tamanho real, artigos históricos do clube e uma bola imensa. Entrando nesta bola possui um telão que transmite a essência do clube, a emoção dos torcedores e dos jogadores. Aquilo arrepia e te dá uma vontade de fazer parte daquilo.

No horário, fomos convidados a fazer nosso VIP Tour, começando por fazer uma foto que nos seria dado de presente no final do passeio, passando pelo gramado e depois conhecendo os vestiários.

No gramado não tivemos muita sorte, já que estavam reformando as arquibancadas e tratando o próprio gramado. Além disso, pudemos tirar poucas fotos pois a chuva logo apareceria novamente. Ah, e quem quiser fazer fotos com as taças dentro do gramado, também pode. Mas isso custa uma grana e não é pouco.

Depois disso, somos encaminhados para alguns pontos da arquibancada para que possam falar sobre a história do clube, desde sua fundação até alguns fatos curiosos. Ali é um verdadeiro caldeirão. A torcida fica próxima e quando lotada, pode fazer uma festa linda.

O vestiário é algo mais simples, o espaço não é tão grande e possuía uma restrição de passagem. Se você quisesse fazer fotos lá dentro também podia, mas também custaria dinheiro.

O final se encaminha para uma sala onde se encontram estátuas dos ídolos do Boca Juniors e uma loja temática que fica anexa a um restaurante. Do lado de fora do estádio, em frente a um bar, existem duas estátuas de Riquelme e Tevez.

Mais imagens deste dia vocês conferem em nosso vídeo! Não esqueçam de curtir e se inscrever no canal. Na semana que vem tem mais passeios por Buenos Aires. Não percam!

A gente se vê na próxima semana. Um grande beijo e abraço a todos vocês e… TCHAU!

1 comentário

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
Insira seu nome