Atenderam nosso pedido no hotel – Ponta Grossa (PR) | Vlog

1043

Continuando nossa visita pela cidade de Ponta Grossa e depois de fazer o passeio do Buraco do Padre e Fenda da Freira, seguimos em direção ao nosso hotel. Mas antes, resolvemos parar em um local bastante frequentado pelos turistas chamado de Porto Brazos.

Eles trabalham com diversos alimentos e bebidas de forma artesanal. Aqui no Paraná o costume é usar a uva com ingrediente principal de geleias e vinhos, mas o diferencial deles é que utilizam a amora! Então imagine tudo que você possa comer e beber, podendo misturar com esta fruta!

Tivemos uma breve apresentação dos produtos, inclusive podendo degustar das bebidas. Porém, como não bebemos, deixamos passar essa oportunidade. O que chamou bastante nossa atenção foram as geleias, molhos e trufas. Os doces pareciam deliciosos e tinham recheio de licor. Essas, deixamos passar por conta do preço mesmo.

Seguindo nossa rota, chegamos ao hotel. Nosso critério na escolha do hotel era claro: barato, no centro, com estacionamento privado e com uma qualificação satisfatória. Como íamos passar apenas uma noite pra dormir, não havia necessidade de algo grandioso.

O post sobre o hotel vamos deixar para semana que vem, onde iremos abordar outros pontos e, deste modo, fazemos um resumão mais interessante.

Hora de Jantar

Perto das 19h e sem almoço, começamos a ficar com fome. Procuramos vários lugares que poderia ser interessante para jantar, mas nada parecia ser tão atrativo. Enquanto desci na recepção do hotel para pegar o secador de cabelo pra Pqna Dai, conversei com o recepcionista que me indicou um rodízio de pizza bom e barato, chamado de Cantina Martignoni.

O nome era familiar, mas não sabia de onde. Olhamos o facebook e o google para ver fotos e avaliações das pessoas e gostamos. Como era menos de 10 minutos de onde estávamos, decidimos ir lá!

E que grata surpresa… Lá é um lugar bem grande, com vários funcionários e uma ótima variedade de pizzas. Com muita fome, logo nos esbaldamos, experimentando todas as pizzas e ficamos encantados com a massa.

Pagamos apenas R$27,90 pelo rodízio de pizza, mas também havia a oportunidade de pegar o rodízio de massas, que poderíamos comer as asinhas, polenta, mandioca, salpicão, lasanha e outras coisas mais. Até fiquei curioso para saber se eles tinham batatinha nesse rodízio, mas disseram que naquele dia não, mas que se eu quisesse eles fariam para nós.

Quando estávamos pagando, perguntei a moça do caixa se havia esta pizzaria em outras cidades, até que descobri de onde era que eu conhecia. Dentre umas 5 cidades que ela tinha dito, uma era em Foz do Iguaçu. Acho que foi o local onde eu comi pizza de sorvete pela primeira vez.

Seguimos rumo ao nosso hotel para poder descansar as pernas e relaxar, pois o dia seguinte teríamos que caminhar muito novamente. A próxima parada será Vila Velha e esperamos você no nosso post da semana que vem. Até lá! 😉

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
Insira seu nome