Mulher morre nos braços do marido, após 6 meses de casados

875
Courtney, Bill e a pequena Dolcie

Jovem mulher, Courtney Webb de 27 anos, há 8 anos lutava contra o câncer. Ela foi diagnosticada com tumor nos rins, mas logo a doença se espalhou para o fígado e coração. Ela e seu noivo, Bill de também 27 anos, estavam juntos há 11 anos e tinham uma linda filha, a pequena Dolcie (5 anos).

O casal sempre teve o sonho de oficializar o casamento e ter uma linda cerimônia. Eles haviam marcado a data para Novembro deste ano, mas com uma piora no estado de Courtney, eles fizeram uma campanha de arrecadação de dinheiro para essa realização do sonho, através do jornal “Mirror” e conseguiram arrecadar £ 20 mil (aproximadamente R$ 116.000,00). Sendo assim, adiantaram o casamento para Abril.

Foto do casamento de Courtney e Bill
Foto do casamento de Courtney e Bill (Foto: Divulgação/Matt Sprake)

Após o casamento, eles viajaram com sua filha para New Forest e Courtney aproveitou cada instante de sua vida que parecia ter ficado ainda mais completa com o casamento.

Através de uma entrevista dada ao “Mirror”, Bill deu a emocionante declaração:

“O casamento foi tão perfeito e ela parecia tão perfeita. Não faz sentido que ela tenha partido tão cedo. Quando viajamos com Dolcie para New Forest por duas semanas, ela acordava cinco horas da manhã, absorvendo cada momento. Era como se o casamento tivesse a tornado mais determinada em apreciar a vida”.

Duas semanas após voltarem de viagem, o médico deu a triste notícia que ela havia piorado e a expectativa de vida era pouca e aconselhou que seu pai e o marido a levassem para casa e aproveitassem ao máximo o tempo com ela. Foi então o que fizeram. Bill e Courtey foram para casa e passaram bastante tempo conversando e assistindo filmes.

Veja também: Casal realiza o sonho de se casarem, mesmo o noivo tendo pouco tempo de vida

Na manhã em que Courtney faleceu (31 de Agosto de 2015), 6 semanas após o casamento, Bill disse que já sabia que seriam os últimos instantes ao lado de sua amada. Emocionado, ele desabafou:

“Eu acordei e Courtney já estava acordada. Ela parecia doente e fraca, então perguntei para ela se eu podia ligar para o hospital. Teimosa até o fim, ela disse não. Ela queria ficar em casa. Essa foi a última coisa que ela disse antes de fechar os olhos. Ela colocou a cabeça dela no meu peito e dormiu de novo em meus braços, como ela já fez milhares de vezes antes, mas eu sabia que dessa vez, ela não iria acordar. Eu a segurei em seus últimos suspiros”.

Bill ainda teve a triste e difícil missão de contar à sua filha sobre a morte de Courtney. Ele disse que esse foi um dos momentos mais difíceis de sua vida:

“Eu sentei ela nos meus joelhos e disse ‘você sabe como sua mãe está ruim? Os anjos vieram e levaram ela para ficar com eles no céu. Ela me olhou com os olhos cheios de lágrimas e me abraçou forte, como nunca antes eu tinha sido abraçado”.

De acordou com Bill, Courtney sempre dizia que o câncer nunca a venceria. Mesmo ela tendo partido, ele tem certeza de que ela venceu essa luta, pois foi em paz e no seus braços, da forma como queria.

Courtney, Bill e a pequena Dolcie
Courtney, Bill e a pequena Dolcie (Foto: Divulgação/Matt Sprake)

Muitas vezes, diante de momentos difíceis, acabamos questionando o porquê das coisas estarem acontecendo de forma tão injusta em nossas vidas. Mas nada acontece por acaso. Bill e Courtney viveram um lindo amor e conquistaram seus sonhos juntos, além de que tiveram uma linda anjinha.

O que realmente importa não é o tempo que vivemos, mas a intensidade de como aproveitamos a vida.

Sugestão do post – Celina O.

|Via: RedeTV!|

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
Insira seu nome