Coisa de Casal apoia Outubro Rosa

171

Então meninas, hoje o papo é para nós. Venho dar minha opinião e esclarecer algumas coisas sobre o Câncer de Mama, pois vi um caso de perto e como ter diagnosticado no início fez toda a diferença para essa pessoa.

Outubro Rosa

O câncer de mama é segundo tipo de câncer mais frequente no mundo. A taxa de incidência desse tipo de câncer é relativamente rara antes dos 35 anos, porém acima desta faixa etária sua incidência cresce rápida e progressivamente.

Como estou aqui para expor minha opinião, eu acredito que o auto exame não é 100% seguro para um diagnóstico precoce. Muitas vezes não é possível sentir ou detectar alterações na mama com nosso próprio toque. O ideal, sem sombra de dúvida, é ir ao médico (a) (ginecologista), ao menos uma vez por ano. Muitos lugares indicam que essa consulta deve ser anual para mulheres acima dos 40 anos, mas se a intenção é detectar precocemente, essa consulta deve iniciar muito antes. Apenas para saberem, essa minha conhecida tinha 30 anos quando descobriu o câncer, e conseguiu através de muita luta se curar, portanto não esperem para ir atrás.

Durante a consulta com a ginecologista, além do exame clínico, como especialista e por ter conhecimento sobre o corpo, ela poderá nos dar um posicionamento mais preciso. O exame clínico não é o método mais seguro para garantir a presença ou não da doença, por isso, o médico irá solicitar outros exames (como mamografia e ecografia). A mamografia pode ser um exame muito agradável de fazer, mas quando se pensa no propósito e por não se tratar de um procedimento a ser realizado apenas uma vez por ano, com certeza vale a pena se incomodar um pouquinho.

Muitas doenças não são possíveis de diagnosticar precocemente, mas essa tem essa possibilidade, então vá atrás de informação e cuide-se. Com certeza sua vida tem muito valor!

 

1 comentário

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
Insira seu nome