Home » Viagem » Chinês chamou a Pqna Dai pra dançar | Hangzhou – Viagem pra China #15

Chinês chamou a Pqna Dai pra dançar | Hangzhou – Viagem pra China #15

Resumo em vídeo:
>
Nossa viagem para Hangzhou teve uma surpresa que nos deixou um pouco chateado. Como dissemos em alguns posts atrás, quando compramos passagem de trem, as camas são aleatórias, não há nenhuma possibilidade de escolha. Assim como aconteceu em outra viagem, nós acabamos ficando em camas distantes uma da outra, então eu acabei pedindo pra trocar com outro rapaz. Mas nessa viagem foi diferente, pois pegamos o trem com a viagem já iniciada, ou seja, já tinham passageiros dormindo nas camas. O problema maior foi que ficamos em cabines diferentes, o que nos impossibilitava de ficar de olho no outro para que pudéssemos cuidar ou ver se precisava de alguma ajuda. Esse receio fez com que ficássemos mais em alerta do que descansando.

Como de praxe, assim que chegamos na cidade já fomos para o hostel deixar nossas malas. Tivemos que esperar algum tempo no hall até que limpassem nosso quarto, então ficamos resolvendo todas as pendências, pagamento, passaporte… etc, etc. Bem exaustos, logo que conseguimos entrar no quarto, já fomos dormir. O quarto era pequeno, mas bem aconchegante. Tinha escrivaninha para colocarmos nossas coisas e cabideiro para as roupas. Fora isso apenas um modem dedicado a nós e uma chaleira elétrica, como de costume. O que nos impressionou era a forma de entrar no banheiro, já que a entrada era pelo chuveiro e depois você conseguia ir em direção ao vaso. Estranho, não é? A nossa cama também era diferente. Era apenas um colchão e um suporte de madeira sustentando. Como se fosse aquelas ideias do Pinterest que reutilizam madeira para várias coisas, sabe?

A Pqna Dai reservou um hostel com uma região super boa e de fácil acesso a vários lugares, então logo depois do nosso cochilo, resolvemos ir caminhar. O primeiro lugar que paramos foi na mesma franquia de pizzas que fomos em Nanquim, só que desta vez resolvemos almoçar mesmo ao invés de lanchar. Confesso que não lembro dos nomes dos pratos, mas lembro que estava maravilhoso e foi digno de raspar tudo.

Havia uma rua com várias lojas em promoções e resolvemos dar uma olhada para ver se havia algo que nos interessasse. Era aquela gritaria com megafone pra todo lado, dentro e fora das lojas. Mas os produtos que estavam em promoção não tinham tanta qualidade assim. Em meio as lojas encontramos uma lanchonete que tinha uma fila imensa com uma movimentação maior que o normal, o que nos chamou muito atenção. Quando entramos, vimos lanches que deu água na boca. Acabamos escolhendo um doce que parecia mais uma baguete, pelo tamanho, com uma massa super macia, creme de chocolate e bolachas oreo por cima. Uma coisa deliciosa e super barata, pois pagamos apenas 15 RMB (7,50 reais).

A continuação do nosso passeio foi rumo a costa do rio, no West Lake (Lago do Oeste) onde a Pqna Dai havia visto algumas fotos bonitas do local. Foi a melhor escolha! Vimos o melhor pôr do sol das nossas vidas. O lugar parece ser tão famoso pela paisagem que haviam umas três filas de cadeiras para que as pessoas pudessem sentar e apreciar aquele fenômeno. Além disso, pudemos tirar diversas fotos fantásticas!

Para poder acompanhar a vista, andamos pela costa e pudemos ver diversos esquilinhos sendo alimentados, várias pessoas dançando no meio da praça e outros pontos para tirar fotos. Falando em danças, enquanto eu ia tirar a foto que vocês verão a seguir, a Pqna Dai estava filmando, e acabamos ficando um pouco distantes um do outro, mas coisa de poucos metros. Não é que apareceu um senhorzinho chinês sem vergonha que veio chamar a Pqna Dai pra dançar? Rapaz… ele não tá ligado que o japonês aqui manja das artes marciais… Na real, nem manjo mesmo hahahaha. E claro que isso rendeu gargalhadas aos montes por um bom tempo depois que a Pqna Dai me contou.

Depois de apreciar o pôr do sol no lago acabamos indo comer alguma coisa no McDonalds (que dúvida) e voltar pro hostel, pois todos nossos aparelhos estavam acabando a bateria.

Não deixe de acompanhar o resto da nossa viagem aqui no blog e no nosso canal do youtube, inscrevendo-se em www.casal.tv

Sobre Frasco

Frasco
Publicitário / Especialista em marketing digital, 30 anos. Workaholic. Santista e viciado em Futebol. Dedica seu tempo de lazer para a Pqna Dai. Programa favorito: cinema, fast-food e dormir, mas só pode fazer o último por falta de dinheiro. Sua principal habilidade foi conseguir enrolar a Pqna Dai quando perguntado sobre casamento. Mas acabou cedendo.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*

Fechar

Send this to a friend

Pular para a barra de ferramentas